5 Dicas simples para se abrir uma sorveteria

- Henrique Ciuffa - Marketing

 

5 Dicas simples para quem quer abrir uma sorveteria

 

Sempre quando buscamos ingressar em novos ramos, nos deparamos com algumas dúvidas em relação ao começo do novo negócio. Procurando sempre adquirir mais conhecimentos sobre, o processo de abertura, qual o melhor período para inaugurar a sorveteria entre outros. Separamos cinco dicas rápidas para te ajudar.

 

1- Qual o melhor ponto de venda que vocês indicariam para abrir uma sorveteria?

 

O ponto de venda deve ser em uma via de fácil acesso, com um grande fluxo de pessoas, de preferência longe da concorrência, em um local de fácil estacionamento. O ambiente deve ser confortável, não poluído visualmente e uma boa apresentação de funcionários (uniformizados) é indispensável.

 

Preferencialmente em bairros residenciais com escolas na vizinhança. Outra boa opção de localização para montar uma sorveteria são os shoppings centers e galerias. Embora o custo do investimento e aluguel seja mais elevado, pode ser uma boa opção, claro observando os aspectos financeiros do negócio, fluxo de pessoas no local específico, etc. O espaço físico deve oferecer infraestrutura necessária para montar uma sorveteria e ainda ser possível uma eventual expansão do negócio.

É importante analisar o mercado local. Para facilitar sua análise da concorrência você pode utilizar de um mapa e marcadores, assim você tem condições claras de verificar qual o melhor local. Sinalize onde estão instaladas outras sorveterias, escolas, teatros, ponto de ônibus, condomínios residenciais, etc.

 

2- Qual o melhor período para abrir uma empresa no verão ou no inverno?

 

Nas regiões brasileiras em que há variação no clima, existe uma leve sazonalidade em função das estações do ano, então a maior venda será no verão. Para que a abertura de uma empresa seja um sucesso, não basta apenas considerar a época do ano. Aspectos como divulgação, público alvo e conceito, qualidade e preço do sorvete oferecido são tão importantes quanto o clima. Se dimensionados corretamente podem fazer uma sorveteria ser um grande sucesso mesmo nos dias de temperaturas mais baixas.

 

A prática demonstra que o planejamento de abertura deve anteceder o verão, pois equipamentos possuem prazo de fabricação, treinamento de funcionários, teste de produtos, contato com fornecedores para amostras. Todos esses itens e muitos outros já devem estar finalizados e uma pré inauguração deve ser feita para detectar pontos falhos, antes de se operar a plena capacidade.

 

3- Preciso de algum nutricionista, técnico especializado ou engenheiro?

 

Quanto às formulações de sorvetes, só é necessário a assinatura de um profissional de área se o sorvete ou picolé tem algum apelo como funcional, diet e outros.

 

4-Quantas e quais máquinas eu preciso para iniciar uma pequena fabrica de sorvete e picolés, e quantos volantes (carrinhos)?

 

Para definir as máquinas, precisamos levar em conta sua resposta das questões anteriores. E o tipo de produto que você deseja comercializar. A Finamac tem uma linha de máquinas que atende desde Iniciantes até Industrias, tanto para Sorvete como para picolés.

 

Se seu ponto de vendas estiver localizado onde tem um grande fluxo de pessoas, de fácil acesso, logicamente você terá uma demanda maior e precisará de uma máquina com uma produção maior. Ex: Turbo 25 que produz de 750 a 900 Picolés /Hora, ou a PRO 16 que produz até 120 Litros/Hora.

 

Já se seu ponto de vendas estiver localizado em um lugar de fácil acesso, com pouco fluxo de pessoas, você pode optar por começar com uma máquina de produção menor. Ex: Turbo 8 que produz de 200 a 250 Picolés/Hora, ou a PRO 4 que produz até 60 Litros/Hora.

 

5- É necessário freezer? Quantos?

 

Para inicio dois freezers são o suficiente, um para picolé e outro para sorvetes. Porém a quantidade de freezeres também dependerá muito da sua quantidade de produção.

Clientes