TR 5/10 - Acessórios

Torre de resfriamento de água para sorvete e picolé

Selo 100% Nacional

Detalhes

Descrição

Torre de resfriamento de água

É um acessório indispensável para eliminar o calor gerado por máquinas de sorvete e picolé.

O processo de congelamento de sorvetes e picolés é muito similar ao funcionamento de um ar condicionado. Enquanto o picolé ou o sorvete são congelados, assim como uma sala é resfriada pelo aparelho de ar condicionado, que sopra ar frio para dentro da sala, a máquina de picolé/sorvete gera calor, que precisa ser jogado para fora do ambiente, assim como o calor gerado pelo ar condicionado, que sopra ar quente para fora da sala.

É uma troca de calor, o ar condicionado "rouba calor" da sala (esfriando-a) e o joga para fora da sala. A máquina de sorvete "rouba" calor do produto (picolé ou sorvete) e precisa jogá-lo para fora da sala também. Se este calor não for jogado para fora o ambiente esquenta muito e tanto a máquina quanto o ar condicionado perdem eficiência ou param de funcionar.

Existem várias formas de jogar calor para fora de uma sala. A primeira delas é através de um "radiador" (conhecido como condensador a ar), que possui aletas de alumínio e que precisa estar direcionado para o exterior. Nos aparelhos de ar condicionado de parede, esse radiador "quente" fica do lado de fora da casa ou escritório. Nas máquinas de sorvete ou picolé, ele fica instalado na parte de baixo do próprio gabinete, daí a necessidade de deixar essas máquinas voltadas para uma porta ou janela de ventilação.

A segunda forma de retirar esse calor de dentro do recinto é utilizar um sistema de circulação de água que passa pela máquina de sorvete/picolé e que é bombeada para uma torre de resfriamento dessa mesma água. Essa torre é localizada no exterior do recinto, geralmente em lugares altos e bem ventilados.

Este sistema tem uma enorme vantagem em relação ao "radiador a ar" porque a água pode ser mantida em temperatura inferior à temperatura do ar e isso lhe dá um poder de troca de calor muito maior, além de ser um sistema silencioso e completamente limpo.

Aqui entra a torre de resfriamento de água, que nada mais é que um pulverizador de água quente com um fluxo de ar resfriador em contra corrente. A água quente que vem da máquina de sorvete/picolé é pulverizada e resfriada por um forte ventilador, retornando à máquina com a temperatura fria necessária.

Vantagens

1. Proporciona máximo desempenho da sua máquina de sorvete ou picolé, mesmo em dias muito quentes.

2. Prolonga a vida do equipamento por mantê-lo em ritmo de trabalho dentro de temperaturas controladas.

3. O ambiente de trabalho fica silencioso, pois a ventilação fica do lado de fora do recinto.

4. Permite a instalação de mais de um equipamento na mesma torre, dependendo de sua capacidade.

5. Economiza água pois esta é recirculada e resfriada. Seria necessário um grande volume de água corrente para fazer o mesmo efeito.

6. Seu custo é baixo pelo enorme benefício que traz à sua produção de sorvetes e/ou picolés.

Dados técnicos

Detalhes Técnicos
Consumo de energia elétrica TR5 / TR10: 0,8/1,3 Kw
Instalação Elétrica 220 ou 380 V, Monofásico ou Trifásico
Dimensões
Dimensões do engradado TR5 / TR10: Comprimento = 750/900 mm, Largura = 550/900 mm, Altura = 1960/2150 mm.
Dimensões do equipamento TR5 / TR10: Comprimento = 400/800 mm, Largura = 400/800 mm, Altura = 1500/2050 mm.
Peso
Peso Bruto, com engradado TR5 / TR10: 90/130 Kg
Peso líquido TR5 / TR10: 45/90 Kg
Produção
Capacidade de produção TR5 / TR10: 15.000/30.000 Kcal/h

O Equipamento

As torres de resfriamento de água modelo HTF (Horizontal de Tiragem Forçada) têm como característica o sistema de insuflamento de ar com entrada e saída nas laterais de seu corpo.

Os modelos HTF são projetados para serem compactos e simples. Todos os itens são dispostos de forma a reduzir o tamanho e obter a máxima capacidade.

O seu sistema reduz a perda de água por evaporação e arraste, diminuindo a necessidade de reposição.

Características Construtivas

- Corpo construído em PRFV (poliéster reforçado com fibra de vidro) autoportante e não corrosivo.
- Enchimento em polipropileno montado em blocos compactos de alta resistência mecânica e de fácil manuseio e lavagem.
- Eliminador de gotas em polipropileno, que limita a perda por arraste a 0,15% da vazão de água circulante.
- Distribuição de água em tubos de PVC reforçado com PRFV, com bicos pulverizadores de baixa pressão.
- Motor a prova de tempo, blindado classe IP 55.
- Hélice do tipo axial acoplada diretamente ao motor, cubo em alumínio e pás em polipropileno com perfil "air foil" balanceada eletronicamente.

Sugestão de uso

1. Todas as máquinas de sorvete ou máquinas de picolé (linhas PRO 16 em diante, Super C em diante e TURBO 25 em diante) com capacidade superior a 200 picolés/hora ou 60 litros de sorvete/hora.
2. Uma só torre pode atender mais de um equipamento simultaneamente ou separadamente.
3. Em dias frios ela pode trabalhar com menor intensidade, economizando energia.
4. Vitrines expositoras de sorvete (Elegance, Suprema) também podem utilizar torre de resfriamento. Com a torre externa, evita-se o aquecimento do ambiente e também barulho de ventiladores dentro da gelateria.
5. Pasteurizadores de caldas para sorvete e picolés acima de 60 litros (PP110 em diante) também necessitam de torres de resfriamento.
6. Máquinas conjugadas como a PP 12 (pasteurização + produção de sorvete) também utilizam torres de resfriamento.

Histórico

Parceiros