Shape - Máquinas de Sorvete

1ª Máquina de sorvete soft para até 100% de incorporação de ar, sem alavancas

Selo 100% Nacional
Selo American Certification
Selo Design Inovador
Selo Eco

Detalhes

Descrição

SHAPE

A mais inovadora produtora de SORVETE SOFT !
PRÉ LANÇAMENTO - Este equipamento estará disponível no 2º semestre de 2019
ESCOLHA SEU SABOR, SUA COR E SEU FORMATO DE SORVETE ...

 

Produto certificado de acordo com a portaria Inmetro nº 371 de 29/12/2009
Certificado N.º: TÜV 18.1048

Este equipamento será certificado pelas normas americanas UL/NSF no 2º semestre de 2020

Descrição

O sorvete soft ficou muito mais conhecido depois da febre de quiosques de sorvetes do Mc Donald’s, Burger King e outras redes de fast food ao redor do mundo.
Trata-se de um sorvete produzido na hora, à vista do cliente, cuja grande vantagem é poder ser servido em lugares diversos e não somente numa sorveteria ou estabelecimento fechado.
As máquinas de sorvete soft não requerem conhecimento sobre formulações de sorvetes, uma vez que as misturas são geralmente encontradas prontas no mercado. Podem produzir também sorvete de AÇAÍ, sorvete de iogurte, milk shake e raspadinhas.
Também não exigem que o operador seja especializado, o que facilita a instalação do equipamento em todos os tipos de comércio e não somente em pontos de alimentação.
Muitas máquinas soft são instaladas nas calçadas de ruas de grande movimento nas zonas mais centrais das cidades.
O equipamento consiste em duas cubas, uma para cada sabor, que mantêm as misturas para sorvete refrigeradas. Dessas cubas a mistura é conduzida para dois cilindros, um para cada sabor, onde é efetuado o batimento e o congelamento do sorvete para depois ser extraído em dois sabores ou no sabor misto, através de válvulas acionadas por alavancas na frente da máquina.
A maioria dos equipamentos para produção de sorvete soft utilizam este mesmo conceito há décadas. É fácil distingui-los pelas 3 alavancas alinhadas em sua frente, sendo que as laterais servem sabores distintos e a central serve o sabor misto (mistura o sorvete dos dois cilindros).
Algumas novidades surgiram na eletrônica dessas máquinas e, mesmo assim, as funções continuam as mesmas de antigamente.
A competição entre fabricantes de produtoras de sorvete soft ficou apenas na tradição, na base de “quem criou a primeira máquina”, ou no lançamento de pequenos detalhes construtivos que pouco ou nada acrescentaram no resultado final do sorvete produzido.
Todas as máquinas nunca perderam a cara de “caixote” e mantiveram exatamente os mesmos padrões construtivos durante muitos anos. Uma estrutura metálica recoberta por chapas dobradas, somente.
A nova linha SHAPE é o resultado da observação e estudo de muitos anos e chegou para quebrar de vez a mesmice em que se encontram os atuais equipamentos para produção de sorvete soft no mundo.
O nome SHAPE lembra os diversos formatos de sorvete que este novo equipamento é capaz de produzir, com várias outras novidades nunca vistas no mercado. O sorvete soft não será mais somente uma espiral em dois sabores ou misto. Prepare-se para surpreender seus clientes com as novidades da SHAPE!

A única SOFT sem alavancas

O primeiro impacto da SHAPE em relação às máquinas convencionais é a ausência das três alavancas para extração do sorvete.
Novidade absoluta no mercado, pode-se regular a vazão de saída do sorvete e o tempo de extração desejado. Isso significa que o operador, após deixar regulados esses dois parâmetros, apenas aperta um botão e a máquina dosa a quantidade de sorvete estipulada, no tempo suficiente para que movimente a casquinha ou copo para uma boa decoração.
Isso é feito manualmente nas máquinas convencionais, puxando mais ou menos a alavanca que extrai o sorvete, mas a quantidade nunca é a mesma de um sorvete para outro, nem o tempo de decoração.
Na SHAPE todos os sorvetes saem exatamente com a mesma quantidade e o operador pode repetir com cuidado a operação de decoração.

A única SOFT com mais de 100% de incorporação de ar no sorvete

É sabido que o ar incorporado no sorvete propicia maior maciez e é responsável pelo que ficou mundialmente consagrado como SORVETE SOFT. A quantidade de ar inserido no sorvete varia de 30% do seu volume, em máquinas que não possuem bomba injetora de ar, até 70% de seu volume em máquinas que possuem bomba.
A nova linha SHAPE é a única no mundo capaz de incorporar ar acima dos 100%, novidade absoluta no setor. Isso significa que para cada litro de mistura consegue-se produzir 2 litros de sorvete de qualidade, com altíssima lucratividade.
Esse nível de incorporação de ar só é atingido por máquinas utilizadas nas grandes indústrias de sorvete, como Kibon e Nestlè. A linha SHAPE criou tecnologias que possibilitam esse mesmo resultado em máquinas soft de menor escala.

A única SOFT que também produz sorvete em regime contínuo

Um sistema indédito de refrigeração e bombeamento permite que o equipamento produza sorvete de forma ininterrupta, possibilitando o enchimento de potes e copos para armazenamento e distribuição. A SHAPE pode ser usada tanto para venda direta em pontos comerciais quanto na produção de sorvete industrial para revenda.
Um único equipamento pode agora atender duas necessidades muito importantes, gerando aumento significativo de lucratividade do empreendimento.

Novos desenhos de sorvete

É possível que você já tenha notado que o sorvete soft sai da máquina em formato de estrela retorcida, formando um desenho cônico sobre a casquinha ou copo onde é servido.
A SHAPE possibilita que o cliente escolha desenhos variados para a forma de extração do sorvete, que vão desde filetes de macarrão, formato estrela, quadrado, fatiado em lâminas finas etc.
Imagine então a variedade de formatos que esses desenhos possibilitam fazer se o operador da máquina souber movimentar o cone ou o copo de forma diferenciada à medida que o sorvete é extraído.

Nova decoração do sorvete (Opcional)

A SHAPE pode ser equipada com injetor de filetes de xaropes coloridos que acompanham o desenho do sorvete. Dessa forma, além da opção de variados formatos, é possível colorir o produto final com diversos xaropes.
A grande novidade é poder colocar os filetes sobre os dois sabores e também no sabor misto. Nas máquinas convencionais os filetes somente podem ser adicionados num único sabor.
Sendo assim, imagine um sorvete misto de baunilha e chocolate com filetes verdes no sabor menta. Ainda, você pode colocar filetes num sorvete de baunilha, em separado, ou num sorvete de chocolate, sem precisar mexer no equipamento. Só a SHAPE consegue fazer isso, com sistema único e patenteado.
Equipamentos convencionais exigem a instalação do dispositivo de filetes coloridos na saída do sabor desejado, ou seja, se o cliente pedir outro sabor com filetes coloridos não é possível mudar esse dispositivo de posição. Por isso que a opção de filetes coloridos só é oferecida com sorvete de baunilha, sendo que esse dispositivo fica instalado definitivamente na saída do sorvete de baunilha.

Novo batimento do sorvete

Nas máquinas convencionais o sorvete é batido sem controle preciso de consistência e aeração, tornando-o arenoso e sem a quantidade de ar necessária para que fique bem macio.
Na SHAPE a força de raspagem do sorvete das paredes do cilindro batedor é controlada mecanicamente e a rotação do batedor, a dureza do sorvete e a quantidade de ar nele injetada são gerenciados eletronicamente, novidades absolutas no mercado mundial.
 

Novo sistema de cubas para o preparo, aquecimento e resfriamento da mistura do sorvete

A SHAPE é dotada de duas cubas independentes em sua parte superior que podem preparar, aquecer e resfriar a mistura, garantindo sua pasteurização completa.
A pasteurização elimina micro organismos nocivos e deve ser feita todas as noites, no período não comercial, até por 15 dias seguidos, sem a necessidade de desmontar diariamente os componentes da máquina para limpeza. Máquinas convencionais sem pasteurização precisam ser desmontadas todos os dias para limpeza interna, demandando mão de obra considerável. Com o sistema de pasteurização a SHAPE elimina esse trabalho diário e a limpeza passa a ser feita a cada 15 dias, somente. Isso representa um grande diferencial no custo operacional do equipamento.
Dentro das cubas está um inédito sistema de agitação que força a mistura a passar por um aparato que a resfria ou aquece. Nas máquinas convencionais a refrigeração é feita através das paredes das cubas, porém isso provoca a formação de gelo nelas, sobretudo quando não estão completamente cheias, com consequente derretimento e alteração da composição da mistura.
Na SHAPE quem refrigera ou aquece a mistura é esse aparato imerso em cada cuba, eliminando totalmente o sério problema de formação de gelo. A mistura em constante agitação é mantida sempre no ponto de ser produzida, evitando também a separação dos ingredientes.
Podem ser equipadas com spray d’água em seu interior, facilitando muito o processo de limpeza no final do dia.

Nova tampa das cubas

Desenhada de forma curva e inclinada, a tampa de cubas da SHAPE é feita em vidro temperado e aquecido para evitar a formação de gotas de umidade.
Nas máquinas convencionais as tampas de cubas são frias e planas, fazendo com que a umidade formada em suas paredes acabe pingando dentro da mistura e alterando sua composição ao longo do dia de uso.
Além disso, a nova tampa da SHAPE funciona como isolamento térmico para locais muito quentes ou com incidência parcial de luz solar.

Novo armário na frente da máquina

Máquinas de sorvete soft precisam ter suas peças desmontadas e higienizadas em períodos de tempo pre determinados. Além disso, essas peças precisam ser armazenadas em local seco e seguro e só podem ser remontadas no equipamento instantes antes de iniciar a produção, para evitar a formação de bolores e outros inconvenientes higiênicos.
Nas máquinas convencionais esse armazenamento é feito fora do equipamento, geralmente em armários próximos, na maioria das vezes sem os requisitos necessários de higiene.
A linha SHAPE vem equipada com uma tampa frontal que traz atrás de si um armário 100% sanitário onde essas peças podem ser guardadas e fixadas separadamente, com total segurança e higiene. Essa tampa ainda permite a colocação de um adesivo com o logo da empresa ou arte desejada, tornando o equipamento e o seu negócio muito mais atrativos.

Novo sistema de limpeza

Nas máquinas convencionais a água de limpeza das cubas só pode escorrer por dentro dos cilindros batedores de sorvete. Na linha SHAPE as cubas podem ser lavadas separadamente dos cilindros.
Da mesma forma, os cilindros batedores de sorvete podem ser lavados separadamente das cubas onde é preparada a mistura.
As possíveis gotas de sorvete ou eventuais excessos no processo de extração podem ser automaticamente lavadas com um spray d'água posicionado na saída do sorvete. 

Design absolutamente inovador

A linha SHAPE representa o fim das máquinas com cara de “caixote”. Acaba aqui o conceito de que a máquina precisa ser revestida de enfeites e placas de propaganda para que ela não apareça, já que sua aparência é feia, desajeitada e pouco higiênica.
Com gabinete integral feito em fibra de vidro especial de cores variadas, leve e resistente, possui tampas laterais feitas em aço inoxidável sem dobras e sem parafusos, eliminando pontos de acúmulo de resíduos. Essas chapas são assentadas sobre perfis de borracha para eliminar eventuais ruídos e permitir a lavagem do equipamento até com jatos d'água.
Não há grades nem janelas de ventilação laterais de difícil limpeza. O ar é aspirado pela parte inferior da máquina e expelido por sua parte traseira, por um único ventilador de alto desempenho.
Seu painel é feito em vidro temperado e personalizável, com botões “soft touch” e display gráfico que apresenta a operação completa do equipamento. É a única máquina que pode ser lavada por inteiro com jato d’água.

Vantagens

1. O sorvete soft representa 20% do mercado total de sorvetes e, em alguns países, sua participação é ainda maior. Daí a enorme quantidade de pontos de venda desse tipo de sorvete, além do McDonald’s, Burger King e outros.
2. Não há outro tipo de atividade comercial com margem de lucro tão elevada, pois o sorvete soft não tem custo de armazenagem e sua composição contém grande porcentagem de ar, sobretudo se a máquina possuir bomba de injeção de ar.
3. Não há desperdício nem derretimento de sorvetes, como ocorre com sorvetes que ficam dentro de freezers, pois só se produz o que se consome, e a produção é instantânea, à vista do cliente. Antes de ser produzida, a mistura é mantida resfriada no equipamento e pode ser usada ao longo do dia.
4. Por ser batido e congelado “na hora”, o sorvete possui maciez inigualável, jamais atingida por sorvetes que ficam armazenados em freezers. Daí o nome “sorvete SOFT”, ou sorvete macio.
5. Não é necessário ser conhecedor do ramo de sorvetes, pois a mistura pode ser encontrada pronta no mercado e a operação do equipamento é muito simples, diferentemente de máquinas para produção de sorvete industrial, que necessitam de pessoas especializadas para sua operação e conhecimento técnico de formulações.
6. A mistura do sorvete também pode ser preparada com muita facilidade e não requer nenhum equipamento especial, bastando um liquidificador comum ou um Mixer 15 (mais robusto) da Finamac. Os ingredientes podem ser facilmente encontrados no mercado.
7. A instalação elétrica pode ser monofásica (residencial ou comercial), o que facilita muito a colocação do equipamento em diversos lugares.
8. Por ser compacta e possuir rodízios, facilita muito seu deslocamento e transporte, pois este tipo de equipamento pode ser usado em diversos lugares com movimento temporário de pessoas.
9. Além dos famosos sorvetes de casquinha, esta máquina também produz sundaes, pequenos potes, milk shake e outros tipos de sorvetes, incluindo AÇAÍ !
10. Este é o primeiro e único projeto de máquina para sorvete soft 100% original, com várias patentes e vários aperfeiçoamentos inseridos desde 1995. Nenhum equipamento, de qualquer parte do mundo, possui os avanços tecnológicos que este equipamento possui.
11. Primeiro equipamento no mundo a utilizar inversor de frequência no motor de acionamento dos batedores de sorvete, que economiza energia e desgaste das peças.
12. Primeiro equipamento no mundo a trabalhar com alívio de partida no compressor, o que possibilita grande número de partidas e o uso de compressores monofásicos.
13. Primeiro equipamento no mundo a utilizar batedor de sorvete multipartido, o que facilita a limpeza e higienização do equipamento, além da facilidade de reposição de peças desgastadas.
14. Primeiro equipamento no mundo a usar estrutura monobloco em fibra de vidro especial, muito mais leve e resistente.

 

SHAPE

Operação

Painel de controle soft touch, com opção de visor gráfico ou visor de mensagens.
Computador de bordo com processador de 4 núcleos para o gerenciamento inteligente de todas as operações.
Saída gráfica de alta resolução.

Refrigeração

1 compressor de alto rendimento por cilindro, com acionamento independente.
Condensador de alto rendimento. Saída do ar quente pela parte superior traseira da máquina e aspiração pela base.

Batedores de sorvete

1 motoredutor por cilindro, com ou sem inversor de frequência, com acionameto independente.
Permitem produção contínua de sorvete com elevada incorporação de ar.
Raspagem auto regulável. 
1 spray de água pcional por cilindro, independente.

Cubas de sorvete

1 agitador por cuba, com acionamento independente.
1 spray de água opcional por cuba, com acionamento independente.
1 vávula de drenagem por cuba, independente.
1 sensor de nível por cuba.
Resfriamento e aquecimento (opcional) para cada cuba.
Tampa isolante com duplo vidro aquecido para evitar formação de gotas d'água.

Bombas de ar

Uma bomba de mistura por cilindro, com motoredutor, acionamento e dosagem independentes.
Sistema de ar separado do sistema de bombeamento de mistura, permite incorporação de ar (overrun) acima de 100%.
Regulagem independente da quantidade de ar em cada cilindro.
Sistema de controle de injeção de ar em modo de espera.
Sistema de retenção de ar em modo de espera.

Dispositivo de extrusão do sorvete

4 formatos intercambiáveis para extrusão do sorvete acionados por motor opcional (estrela, fios paralelos, espagueti, fio único).

Dados técnicos

Detalhes Técnicos
Consumo de energia elétrica 9,5 kW
Instalação Elétrica 208-240 V tri ou monofásico, 50/60Hz
Dimensões
Dimensões do equipamento 740 x 1060 x 1500 mm (frente/lateral/altura)
Peso
Peso líquido 380 kg
Produção
Capacidade de produção Até 600 sorvetes (100 ml) / hora
Condensação ar

 

Sugestão de uso

A quem se destina

Para empreendedores de ramos diversos, que possuem pontos de alta circulação de pessoas em que o sorvete possa ser vendido por impulso.
Padarias, sorveterias, bares, restaurantes, lanchonetes, farmácias, livrarias e diversos tipos de lojas podem facilmente colocar um equipamento destes na frente do estabelecimento, com um simples treinamento do operador, e efetuar vendas que chegam a ser maiores que o faturamento total da própria loja.
Pelo seu design inovador e por suas características técnicas apuradas, o sorvete de alta qualidade produzido pela Shape e a forma como é apresentado atendem até os mais exigentes consumidores do mercado em locais de elevado padrão. 

Sugestões

2 ou 3 Shape + PP60 + Mixer 15: para loja com vários sabores de sorvete soft.
1 Shape + 1 Robopop: para produção de picolés aerados.
1 Shape + PP110 + Gyrofiller: para produção industrial de sundaes e cones.

Dicas

FABRICAÇÃO DE SORVETE

MERCADO DE SORVETES

Histórico

Parceiros